sexta-feira, 24 de junho de 2011

Nem uma unha ficará

Êxodo 10:26
E também o nosso gado há de ir conosco, nem uma unha ficará; porque daquele havemos de tomar para servir ao SENHOR, nosso Deus; porque não sabemos com que havemos de servir ao SENHOR, até que cheguemos lá.

Hoje, em nossa oração via Skype, lemos os capítulos 10, 11 e 12 do livro de Êxodo.
Como uma pessoa que gosta de observar as Escrituras para depois aplicar em minha vida, observei essas palavras e também o contexto em que elas foram pronunciadas e desejo compartir com você.

O texto apresenta Moisés e Faraó em um grande combate; “Deixa ir o povo”, (Ex 10:4) “Não deixo ir o povo”. Já tinha vindo sete pragas sobre o Egito e o coração de Faraó continuava duro.
É assim com o inimigo também; ele não quer soltar as vidas para viverem livres com Cristo.
Essas batalhas existem também dentro de nós que se expressam em vontades, pensamentos, sentimentos onde tudo isso é levado no campo das ações havendo uma luta constante (Gl 5:17).

PEDINDO NOSSOS FILHOS

Com todas as pragas que já tinham vindo sobre a maior potência mundial da época, o pais esta destruído (Ex 10:7).
Vendo isso, Faraó diz para Moisés e Arão que eles podiam partir (Ex 10:8), mas ... há uma pergunta “Quais são os que hão de ir?”. Se podiam partir, porque perguntou quem iria? Não eram todos?

Moisés deixa claro que todos e tudo irão (Ex 10:9). “Havemos de ir com...”

      ·      nossos meninos;
      ·      nossos velhos;
      ·      nossos filhos e nossas filhas;
      ·      nossas ovelhas e nossos bois.

A proposta de Faraó não era a mesma. Ele disse que Moisés tinha “más intenções” (Ex 10:10) e permitiu que somente os homens fossem e as crianças ficassem.
Esse é o plano; se Satanás não consegue fazer você se desviar do caminho, tentará com todas suas forças fazer com que teus filhos se desviem.

Se entregamos nossos filhos (é o que Satanás quer), estamos dizendo que amanhã não haverá mais igreja, não haverá mais fé e nem princípios de Deus.
Percebo que o investimento do inferno contra nossas crianças é pesado. TV, internet, figuras de autoridades, valores e disciplina em extinção; tudo isso. É como dizer: “Pais, servam a Deus, mas deixem vossos filhos servirem ao mundo”.

Assim como Moisés, não deixaremos nossos filhos no mundo. Josué 24:15; Provérbios 22:6; Atos 16:31.

Por Faraó não deixar ir “todos”, veio sobre o Egito a praga dos gafanhotos (Ex 10:12-15).

PEDINDO NOSSA ADORAÇÃO

Após a praga dos gafanhotos, o coração de Faraó fica mais duro e então vem a praga das trevas. Ah, somente na casa dos israelitas tinha luz (Ex 10:23).

A nova proposta de Faraó agora era que as crianças podiam ir, mas que deixassem os rebanhos e gados (Ex 10:24).

Aqui Faraó estava dizendo: “Fiquem com as cerimônias, com a liturgia, com a Lei, até com toda a família; mas me entreguem a adoração”.

Os rebanhos e gados seriam usados para os sacrifícios e holocaustos ao Senhor (Ex 10:25, 26). Sem eles não haveria adoração ao Senhor.

A mesma proposta Satanás faz para muitos cristãos atualmente dizendo: “Pode ficar com tudo, mas não adore a Deus”.
Satanás foi atrevido com Moisés e muito mais com o próprio Senhor Jesus no monte da tentação no deserto (Mt 4:8-10).
Se ele tentou Moisés através de Faraó e o Senhor Jesus, não tentará desviar-nos da adoração ao único Deus verdadeiro? Com certeza que sim.

A adoração em espírito e em verdade (Jo 4:23, 24) ao Senhor é o segredo da força do cristão. Pode-se deixar tudo, mas se tira a adoração a Deus, nos tornamos ocos.
Não abra mão do que é mais importante em sua vida!

NEM UMA UNHA FICARÁ

Moisés foi claro a Faraó que:

      ·      as crianças não ficariam – nossa herança e descendência;
      ·      os rebanhos e gado não ficariam – nossa adoração a Deus.

Ele não abriu mão de sua descendência e nem de sua adoração a Deus e foi radical dizendo que “nem uma unha ficaria” no Egito (Ex 10:26).

Havia um homem que estava disposto a fazer qualquer coisa a fim de ser milionário; então o diabo mostrou-lhe uma mansão maravilhosa e disse que a daria, com uma condição:

"Está vendo aquele prego na parede? É meu, sempre será meu, você aceita?".

E o homem aceitou. Anos depois, o homem ofereceu um banquete em sua mansão. Foram convidados os homens mais importantes da cidade. A festa era um luxo e tudo estava superando as expectativas, quando alguém entrou e colocou um pedaço de carniça fedorenta no prego da parede. O dono da mansão mandou chamar os seguranças e expulsou aquele intruso, mas então o diabo apareceu e disse: "Um momento, o prego é meu e eu tenho direito de usá-lo como eu quiser."

Se deixarmos Satanás dominar um pequeno cantinho do nosso coração (o que para Moisés representava uma unha) isto é o suficiente para que ele transtorne toda a nossa vida.

Aplicação:

Não salve somente sua vida; salve também seus filhos.
Não tenha tudo e perca a adoração a Deus.

Oração:

Senhor, nesse dia venho diante de Ti para agradecer-te por essa Palavra que é viva e eficaz.
Hoje entendi que há uma batalha do inimigo contra a minha vida; batalhas externas e internas.
Não abro mãos de minha família, não abro mão de meu casamento, não abro mão de meus filhos; eles servirão ao Senhor hoje e serão a continuação dos adoradores do único Deus verdadeiro no amanhã.
Confesso que meu coração só tem lugar para adorar ao Deus que se revelou a mim através das páginas do Sagrado Livro na pessoa de Jesus Cristo. Não abro mão de minha adoração ao Senhor e renuncio qualquer “outro senhor” que queira tomar minha adoração.

Amado Deus, ajuda-me a fechar todas as “brechas” de minha vida. Ajuda-me a não negociar com o pecado e nem permitir nem mesmo “um prego” de Satanás nas paredes de meu coração.
Venho diante de Ti em uma entrega incondicional para obedecê-lo completamente e ter um total compromisso com a Sua Palavra.

Meu Deus, não quero deixar nem “uma unha” no mundo.
No nome de Jesus oro. Amem.

Leitura Bíblica 2018

Desde 1 de janeiro de 2018, estamos lendo a Palavra de Deus todos os dias. Hoje (15/10/18 segunda), chegamos a 288 dias de leitura; iss...