domingo, 14 de agosto de 2011

O Renovo da Unidade

Como o orvalho de Hermon, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre. Salmos 133:3.



Quando penso no orvalho, penso em renovo.

O monte Hermon está localizado nas colinas de Golán, fronteira de Israel com a Síria.
Chama-se monte, mas na verdade é uma montanha com 2.814 metros de altitude. Por sua altitude, possui picos nevados e belas pistas de esqui.

Ao chegar ao pé do monte Hermon, o peregrino cansado e sedento pode sentir o orvalho que desce do monte renovando suas forças e refrescando seu corpo cansado.

O mesmo acontece com a unidade; é como o orvalho de Hermon. Muitas vezes chegamos na Casa de Deus sedentos e cansados, mas ao dar um abraço, ao cumprimentar, ao olhos nos olhos e dizer ou ouvir: "Deus te abençoe irmão"; tudo isso é renovador e refrigera a alma.

O monte Hermon, além de renovar e refrescar, também era e continua sendo para Israel fundamental no sustento da água para a nação. A água é vital para a vida.
O rio Jordão nasce ao pé desse monte e desde até o Mar Morto.

A unidade entre irmãos sustenta e gera vida para todos os que vem "beber dessa água" chamada igreja.

Há cristãos que dizem que não precisam da igreja para serem verdadeiros seguidores de Jesus; "aprenderam" a andar sozinhos. Nunca encontrei um cristão saudável sem igreja, mas todos os que tem saúde espiritual estão envolvidos no Corpo de Cristo.

Outros dizem que acreditam em Jesus mas não mais na igreja. O dia que uma pessoa deixar de acreditar na igreja, deve deixar de acreditar em Seu fundador - Jesus Cristo.
Entendo o mal testemunho que muitos tem dado, mas isso não reflete a igreja de Jesus e a igreja de Jesus vai muito alem de uma organização registrada com seu nome em uma placa.

Jesus levantou Sua igreja para estar unida e oferecer essa "água refrescante" a todos os sedentos e cansados do mundo.